Progressistas pela Liberdade: lançado movimento liberal do PP Gaúcho


Em um dos momentos mais críticos da história política brasileira, agravado pelo gigantismo estatal, pela perda da significação ideológica dos partidos, nasce dentro do Progressistas gaúcho o “Movimento Progressistas pela Liberdade”, como expressão de seus filiados identificados com ideais liberais. O Movimento propõe defender um sistema baseado em liberdades individuais subordinadas ao Estado de Direito; na democracia como forma de escolher os governantes e na limitação do governo. O ato de lançamento foi realizado nesta quinta-feira (08), na sede do Progressistas, em Porto Alegre, com a presença de lideranças estaduais do Partido. 
 
 
Para o presidente do Movimento, vereador Ricardo Gomes (POA), o gigantismo estatal brasileiro é uma das causas fundamentais do atraso econômico e da decadência política que o país enfrenta: “Nossos serviços são em regra insuficientes, caros e indisponíveis. Hoje o Estado não provém o mínimo à população, graças a políticas equivocadas e falta de prioridade por parte do poder público. É preciso modernizar, reduzir e desaparelhar. Tanto descaso na política, falta de prioridades, irresponsabilidade e privilégios para poucos, motivou muitos liberais, ao redor do país, a lideraram um novo projeto de recuperação do Brasil. Dentre os progressistas gaúchos há cada vez mais liberais, que encontram no programa do Partido os fundamentos políticos e econômicos de uma ordem livre e dispõem-se a fortalecer ainda mais essas ideias agora como integrantes deste Movimento”, destaca Ricardo. 
 
O presidente estadual do Partido, Celso Bernardi, salienta que é imprescindível que um partido com a dimensão e a importância dos Progressistas aponte caminhos para a recuperação do sistema político brasileiro. “Nós, dentro do Progressistas, sempre defendemos um Estado eficiente, que dê retorno e resultados ao cidadão pagador de impostos. Não podemos aceitar um estado maior do que a sociedade que o sustenta. Infelizmente, é essa a nossa realidade no Brasil, muito em razão do desgoverno de anos e de políticas equivocadas. Hoje, com o lançamento deste movimento e a adesão de tantos líderes Progressistas, temos a oportunidade de unir ainda mais forças também em defesa da liberdade.”
 
O Progressistas pela Liberdade tem como presidente o vereador de Porto Alegre, Ricardo Gomes; como vice-presidente o vereador de Santo Antônio da Patrulha, Rodrigo Massulo; secretário-geral o vereador de Sapucaia do Sul, Cleber Rachel e 1º secretário o vereador suplente e secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico de Santa Maria, Marco Jacobsen. O evento de lançamento contou com a presença dos membros integrantes do Movimento; deputados estaduais gaúchos do Progressistas; vice-prefeito de Porto Alegre, Gustavo Paim; presidente do Instituto de Previdência do Estado (IPE), Otomar Vivian; representantes de deputados, vereadores e demais líderes do partido.