Presidente do TRE-RS recebe a senadora Ana Amélia e o presidente do PP/RS


O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), desembargador Carlos Marchionatti, renovou à senadora Ana Amélia (PP-RS), na manhã desta sexta-feira (30), as preocupações do rezoneamento eleitoral no Estado, que trará dificuldades de acesso dos eleitores porque muitas zonas serão fechadas, como determina resolução do TSE.
 
Na visita que fez ao presidente do TRE-RS, a parlamentar assumiu o compromisso de levar ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes, esse problema. A economia gerada seria de menos de 1% sobre o orçamento deste ano. Na avaliação da parlamentar, esse rezoneamento poderá refletir no aumento das abstenções no pleito de 2018. 
 
Outro importante tema tratado no encontro foi sobre a impressão do voto. Ana Amélia é autora de projeto de lei (PLS 406/2014) para assegurar a impressão do voto na urna eletrônica. O veto presidencial que impedia essa determinação foi derrubado e a Secretaria de Tecnologia do TSE, nas eleições de 2018, colocará em testes a impressão do voto, em algumas cidades.
 
— Essa providencia dará maior segurança ao eleitor e ao resultado das urnas — comentou a senadora.
Acompanhou a senadora no encontro o presidente estadual do PP/RS, Celso Bernardi. Também participaram o desembargador Rinez Trindade, o diretor geral do TER-RS, Antonio Augusto Portinho da Cunha e o secretario de Tecnologia da Informação, Daniel Wobeto