NOTA OFICIAL - Reajuste do Poder Judiciário


Tendo em vista a caótica crise financeira do Estado, a Executiva Estadual do PP/RS recomenda a bancada estadual do Progressistas na Assembleia Legislativa votar contra o reajuste salarial dos servidores do Poder Judiciário do Rio Grande do Sul.

A Executiva do PP/RS considera a recomposição justa. Porém, o reajuste surge enquanto os servidores do Executivo lidam com os constantes atrasos e parcelamentos nos salários.

Todos os servidores públicos do Rio Grande do Sul devem ter mecanismo de reposição das perdas inflacionárias. Porém, o momento não é oportuno considerando que essa medida o impacto orçamentário chegaria a R$ 162,25 milhões por ano aos cofres do Rio Grande do Sul, elevando a dívida pública do RS.