MDA e MAPA confirmam prorrogação de empréstimos a produtores rurais


Em importante reunião na tarde desta segunda-feira (26), o presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia Gaúcha, deputado Adolfo Brito (PP), explanou as dificuldades enfrentadas pelos produtores rurais, que perderam boa parte da safra nos temporais das últimas semanas. Na oportunidade, Brito solicitou aos Ministérios da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário no RS a prorrogação de empréstimos bancários que estão para vencer, a liberação de novas linhas de financiamento para danos às propriedades, bem como de subsistência, e recursos para aquisição de sementes, onde o clima não permite replantio do fumo.

No encontro com superintendente do MAPA-RS, Roberto Schroeder, o chefe da divisão de Políticas, Produção e Desenvolvimento Agropecuário, Ricardo Dourado Furtado, e o delegado do MDA-RS, Marcos Regelin, o parlamentar progressista afirmou que a Comissão de Agricultura está reforçando o pedido de liberação de sementes de milho e insumos junto às empresas fumageiras. Neste sentido, foram encaminhados ainda hoje expedientes ao Sinditabaco e às direções das principais companhias do setor, como Souza Cruz, Phillip Morris, Aliance One, Associed Tobacco Company, Universal Leaf Tabacos, JTI, China Brasil Tabacos, entre outras. 

Após dar estas informações, Brito recebeu a confirmação que o plano safra ainda está vigente e, portanto, os produtores que não estiverem inadimplentes devem procurar técnicos ou a Emater para realização de laudos sobre os danos nas propriedades e entrar com novos projetos junto aos bancos. Além disso, caso não haja recursos disponíveis nas agências locais, as verbas serão deslocadas de outras regionais para atender as demandas.

Com relação aos estragos em rodovias, pontes e bueiros, os representantes dos Ministérios estão iniciando contatos com Brasília e o deputado Adolfo Brito está seguindo nesta terça-feira à Capital Federal, onde tratará sobre a possibilidade de liberação de recursos para recuperação de estradas vicinais nos municípios atingidos. O parlamentar deverá ainda se encontrar com representantes gaúchos na Câmara e no Senado para acertar detalhes e verificar outras formas de auxílio aos pequenos agricultores.