Marcel participa de reunião com a Fecomércio na Assembleia


Com o objetivo de pedir apoio contra a proposta de aumento da carga tributária no Rio Grande do Sul, o presidente da entidade que representa o setor terciário gaúcho, Luiz Carlos Bohn, acompanhado de vice-presidentes e integrantes de sindicatos patronais, esteve com diversos deputados na Assembleia Legislativa, onde discutiu e apresentou os impactos negativos que a alta do ICMS pode causar sobre a economia e a sociedade do RS.

A Fecomércio-RS lidera o movimento Basta de Tanto Imposto! Contra o aumento de ICMS, e acredita que o Executivo e o Legislativo precisam atuar de forma conjunta nesse momento crítico das finanças do Estado.

O deputado Marcel van Hattem acompanhou o encontro na Sala Chicão Gorski e demonstrou apoio à iniciativa da Fecomércio. “Além de ser contra aumento de impostos, recomendo que a entidade milite contra o aumento de despesas e a favor da redução do tamanho do Estado”, frisou Marcel.

 

Propostas apresentadas pela Fecomércio

 

- A reforma da previdência dos novos servidores estaduais nos moldes já aplicados pela União;

- Colocação de teto de crescimento da folha de pagamento e gastos correntes em, no máximo, 1% acima da inflação; fim de vantagens adicionais por tempo de serviço, licenças-prêmio e incorporações de funções gratificadas para todo o funcionalismo estadual, reformulação do plano de carreira do magistério, adequando-o ao piso nacional;

- Privatização ou extinção de empresas públicas e fundações que possam ser geridas por empresas privadas ou secretarias de Estado;

- Redução do número de secretarias e de cargos em comissão (CCs);

- Aceleração do investimento com recursos privados, através de parcerias público-privadas (PPPs);

- Solidariedade no ajuste fiscal, com redução de repasses do Tesouro a todos os demais poderes.